Main menu

FastCast #28 – Game of Thrones S04E08

Saaaaaaaaaaaaaaaaalve Trolls! Está no ar mais um FastCast sobre Game of Thrones!!! Hoje, Felipe Ambrosio, Puri, Feroz, Tinti e uma aparição surpresa, se reúnem para falar sobre o episódio que mais explodiu cabeças, o oitavo episódio da quarta temporada!!! Clique no play, faça seu download e divirta-se!

Informações do FastCast
01:01 hr – 96kbps – 43Mb
Ouça direto aqui o FastCast


Clique com o botão direito em Download e escolha “Salvar link como…”

Comentado neste FastCast
Quadrinhos do final do episódio (Spoiler)

FastCast anteriores
FastCast #27,5 – Teorias e Conspirações
FastCast #27 – Game of Thrones S04E07
FastCast #26 – Game of Thrones S04E06
FastCast #25 – Game of Thrones S04E05
FastCast #24 – Game of Thrones S04E04
FastCast #23 – Game of Thrones S04E03
FastCast #22 – Game of Thrones S04E02
FastCast #21 – Game of Thrones S04E01

Todos os FastCast

TrollCasts anteriores
TrollCast #47 – Game of Thrones #2
TrollCast #46 – Campus Party

TrollCast #45 – Battlefield 4

TrollCast #44 – Filhos do Fim do Mundo

TrollCast #43 – Viagem aos Estados Unidos

Todos os TrollCasts

Assine nosso Feed! Assine nosso Itunes Email Assine nosso canal do YouTube Curta nossa página no Facebook Siga-nos no Google+ Siga-nos no Twitter

[]’s do Troll!

  • http://apenasexcentrico.wordpress.com Jean

    EUUUUUU

    • Henrique

      A net bugou aqui, senão era meu

      • Raquel Moritz

        AEEEEEEWWWWWWWWWW

  • Vítor Hugo

    Qual é galera, beleza?
    Não pude assistir o post das teorias pois esta semana estive repleto de provas da faculdade, mas vou assistir, e valeu por colocarem a minha indicação!

    Quanto a este postcast tenhos várias colocações a fazer….

    Mindinho: Dizer que Petyr quer o Norte e o Vale eu acho errôneo. Seja nos livros ou na série, nunca é dito com clareza o que ele quer, a não ser “poder”. Agora, o que seria “poder” é questionável… mas ter só o Norte e o Vale é “pouco” pra ele. Veja bem, Mindinho não é de se contentar com parte, ele é de se contentar apenas com o todo.

    Sansa: Aprendi a gostar no decorrer da trama. O que ela fez em King’s Landing era o que qualquer pessoa em sã consciência e na mesma situação que ela faria… tentar sobreviver. Tentem reverter os papéis de Arya e Sansa… imaginem a menina ingênua viajando pelas terras fluviais e a Arya em Porto Real… as duas nao iam durar um dia vivas. Sansa ainda é bobinha, mas tem ao seu lado o melhor estrategista desta merda toda, logo, se ela virar um mindinho fêmea com atributos de cersei não seria de todo ruim.

    [Detalhe neste arco] Mindinho é Senhor por direito das Terras Fluviais, visto que é Lorde de Harrenhal, e Sansa, por todo mundo achar que Rickon e Bran estão mortos elá é a herdeira Stark, logo, a chave pro Norte. Juntos, ainda cuidam do Robin, o Lorde do Vale. Assim, temos três das “partes” deste reino que podem estar nas mãos deste quase casal. Dentre tudo que pode acontecer ainda mais com a Coroa, acho que o perigo veria de duas direções, ou de Sansa ou de Dorne…

    Daenerys; não gosto nenhum pouco da interpretação da Emilia. Meu Deus, o que foi aquilo? Ela, exilando o já exilado Jorah sem sentimento algum, sem nenhuma expressão de raiva, sofrimento, ódio, a mesma mesmice de sempre?! Por favor, vamo melhorar isso daí por que só ter dragões não salva ninguém não tá!

    Jayme e Tyrion; juro que tentei entender o quesito filosófico da morte dos besouros, mas poderiam ter colocado este tempo em outro núcleo (Fosso Cailin, Ninho ou claro, a luta final), achei bem desnecessário.

    Theon; esse me surpreende a cada dia. A interpretação do Alfie está incrível, dá pra sentir todo o sofrimento que ele sentiu quando cativo dos Bolton… ele não é mais o mesmo, nem o seu olhar é… esse sim está fazendo um ótimo trabalho, melhor que muitas rainhas que se acham e que tem dragões por aí…

    Por fim, luta… Essa cena é pra ver apenas uma vez… Sério. Mesmo lendo os livros, gostei e muuuito do que vi, fiquei com raiva do Oberyn (mata logo ele) mesmo sabendo o que já irira acontecer. Uma morte terrível, no melhor estilo Game of Thrones. Mesmo que não tenhamos mais o Prícipe de Dorne, ele (tomara que seja) a chave pra que entre finalmente o arco de Dorne na série… Eles são muito interessantes, de verdade, e até então estão quietinhos, só vendo o inferno acontecer de King Landing pra cima.

    • Leo Lannister

      Vitor Hugo vou deixar pra ler teu texto depois mas parece ser interessante.
      First já era. Kkkkkk

    • Leo Lannister

      Vitor, é o seguinte, pra deixar vc feliz já estão procurando atores para interpretar o núcleo de Dorne e locações tb.
      Agora eu discordo de você no que se refere ao Mindinho possuir as terras fluviais. Elas no momento pertencem aos Freys; e mesmo com a morte da Lysa os herdeiros Tully ainda são Edmure e depois o Peixe Negro.

      • Darth Vrijdags

        Cara, acho que não vai dar tempo do mindinho tocar nas terras fluviais, algum lanister, greyjoy, ou sei lá chega antes. Isso se ele não morrer…

      • Vítor Hugo

        Olha, pela coroa ele é que é o Lorde das Terras Fluviais (mesmo que seja de nome). Mas daí vamos, o palerma do Edmure tá preso com os Frey e o Peixe Negro nem sinal (eu sei o que rola mais não quero soltar spoiler). Com a Sansa, além do Petyr ter o título, ele pode fazer com que os Lordes que ainda sobraram por lá fique ao seu lado. Pelo menos nos livros, os Lordes tinham uma certa simpatia por Lorde Hoster e por Catelyn Stark, logo, se a filha dela quiser fazer alguma coisa, acho possível conseguir. Mas é só suposição mesmo…

      • http://apenasexcentrico.wordpress.com Jean

        Mesmo tendo a Sansa, acho difícil angariar lordes suficientes para participar de mais guerras, ainda mais para conseguir competir com os Frey/Lannisters. Só porque tem o nome não quer dizer que ele vai conseguir o apoio dos vassalos :/

  • Marcos Brandão

    Fala galera…

    Primeira coisa que quero comentar: o kchopa tem razão. Ele falou em um cast anterior sobre a Dany “daqui pra frente só piora”… na minha opinião isto esta sendo a mais pura verdade. Não curti nenhuma das ultimas cenas dela. Esta ultima então nem se fala. Ela já foi bem melhorzinha… mas ainda tenho esperanças. Vamos aguardar os próximos.

    Confesso que fiquei um pouco frustrado com o episodio, principalmente com a luta. Eu esperava muito mais. Fiquei o episodio inteiro esperando pela luta, pra ver uma cena longa e sem sentido entre o tyrion e o jaime, pra depois ver uma luta tão rápida e com um final questionável.
    Antes de ver a luta eu já sabia o que ia acontecer então não me surpreendi muito, apesar de nao ter lido o livro, vi um spoiler na internet. A luta foi ótima mas achei um pouco forçado o final. Alguem pode me dizer de que lugar o montanha tirou força, depois de quase morto, para estourar a cabeça do Oberyn? Posso estar enganado, mas o oberyn já tinha enfiado a lança uma vez na barriga do montanha, cortou a perna dele e depois enfiou o lança no peito dele. Para o montanha levantar e ter força pra estourar uma cabeça, ele deve ser encantado…

    Como a maioria, continuo torcendo pelo Tyrion, apesar de estar quase sem esperanças.

    Espero que lá o inverno chegue logo, e que aqui ele suma… hehe

    • Vítor Hugo

      Também não gosto da Daenerys… mas não gosto ainda mais da Emilia interpretando-a. Sabe, e incrível como a série tem atores que estão amadurecendo (o Theon e a Arya são exemplos óbvios) e atores que a situação tá difícil… (colocaria o Jon e a Dany, mas até o Jon não sabe nada tá se saindo melhor do que a mãe dos dragões). Gostaria muito mesmo que a Emilia treinasse um pouco mais as suas expressões; cara de tacho a todo o episódio – e principalmente neste – não rola mais. Frases de efeito são legais, impactantes, mas quando você tem toda uma estrutura por trás, coisa que a Danny da série não consegue passar.

      • http://pipocamusical.com.br Raquel Moritz

        DANNY = BELA DO CREPÚSCULO

        • http://apenasexcentrico.wordpress.com Jean

          Quero ver vocês falarem isso da Dany quando ela começar a voar com os dragões e torrar Westeros toda até Dorne virar vidro u.u

          • http://pipocamusical.com.br Raquel Moritz

            Daí todo mundo vai gostar dela de novo, é que é conveniente, AHUEHEAUHAE

            Tipo com a Sansa, que ninguém gostava dela, agora só pq ela tá toda ~bonitona~ (pq sou uma lady não vou chamar ela de gostosa que nem o Kchopa) daí estamos todos na torcida, aehuauhhue

          • Vítor Hugo

            Cara, com dragões até o Rickon Stark vira o mais mothafocka do mundo. Tira os dragões dela e sobra o que?? Ela é linda, claro que é… mas essa mesmice de não me passar emoção alguma me irrita sinceramente… E se eu não gostei dela até aqui, pra frente é que não vou gostar dela mesmo. #prontofalei

          • http://apenasexcentrico.wordpress.com Jean

            Sobra um exército de imaculados oras :p
            Mas é, ela té bem parada por enquanto, mas uma hora ela vai ter que se mexer, não? xD

    • http://www.tabulandia.com.br Felipe Ambrosio

      E aew Brandão… Olha as influências do Kchopa ai heim, mas pior que o home teve razão dessa vez…
      Kra foi um sentimento geral da galera esperando a luta e do dialogo dos irmãos “Regicidas”, ainda mais que não falaram porque raios o kra la esmagava os bichinhos…
      Do Montanha não sei como, mas que o bicho tirou um último suspiro ali ele tirou ehhe
      []’s

    • http://pipocamusical.com.br Raquel Moritz

      Não achei a conversa do Jaime com Tyrion sem sentido. O lance do besouro era uma metáfora para o Montanha, que só tinha um motivo na vida, que era matar, e mesmo que você empurra o cara, ele vai continuar querendo matar. É o modus operandi, e foi o que aconteceu na luta: mesmo o Oberyn arrasando com ele, o Montanha fez o que faz de melhor.

      Tadim do Oberyn ♥

      • http://apenasexcentrico.wordpress.com Jean

        Também achei legal a conversa, foi mesmo uma metáfora. Por quê ele matava os besouros? O dia todo? Não tem o porque, ele apenas matava, assim como a Montanha. *SMASH*

        • http://pipocamusical.com.br Raquel Moritz

          *SMASH*
          *MIND BLOWING*
          *HEAD BLOWING*
          *KABOOMMM*

  • Juan Rodrigo (RUAN)

    Eu quero acho que o Tyrion não vai morrer. A regra é clara Arnaldo, se o seu campeão permanece vivo (e não: mata o outro) você ganha e naquela situação a montanha pode até ter matado o Oberyn, mas duvido que saiu de lá vivo. Claro, isso é só a minha opinião, desesperada por encontrar motivos para o Tyrion não morrer.
    Quanto ao Jon Snow, seguindo a lógica do R.R., estou com medo, pois, ele vem ganhando muita confiança ao longo da série, todos ali na muralha acham ele foda e ele acha que manda. Até agora todos que começam com isso, XABLAU, morrem. Tomara que não, seria muito triste, mas GoT é GoT.

  • Leo Lannister

    Ruan a regra é clara: Em caso de empate o Réu é considerado culpado kkkkkk.
    Sem falar que com o Tywin de juiz ele sempre vai querer ferrar o anão.

    • http://pipocamusical.com.br Raquel Moritz

      Vacilo isso aí, não curti. Tadim do Anão.
      E AÍ FELIPE, SERÁ QUE ELE VAI TA NA PROXIMA TEMPORADA?

  • http://apenasexcentrico.wordpress.com Jean

    Pra quem não gostou do final, aqui tem uma versão alternativa > http://www.youtube.com/watch?v=r8oOi6JOXEQ

    • http://pipocamusical.com.br Raquel Moritz

      Aqui vai uma inserção do Kchopa falando: ‘MUUUITO MEEEELHOOORRRR’ huaehaeuaueeuuea

    • Puri

      Hahahah! Excelente final!

    • http://www.cavernadotroll.com.br Felipe Ambrosio

      Kracaaaa, muito melhor esse final \o/

  • http://pipocamusical.com.br Raquel Moritz

    OI GENTE, já que não participei do cast, vamolá:

    Cena do Jon Snow e depois do Verme Cinzento: eu acho que assZZZZZZZzzzzzzzzzz. Porém, concordo com o FeroZ, eles vivem numa situação diferente, pra gente parece idiota, mas é da criação do Verme, né, fazêoquê.

    Cena do Jorah: Tadim do Jorah, que situação. Tbm acho que é sabotagem, mas é foda né? O melhor homem do lado da Daenerys teve que sair. Salvou ela e blabla, e ainda assim tomou ferro. Pra ver como ela é otária, aheueaae.

    Cena do Theon: DEU TILT NA CABEÇA DO GAROTO.

    Cena da Sansa: QUE SURPRESA HEIN? O Vitor ainda comentou aqui no site uma vez que achava que ela podia surpreender. Ela era submissa, mas tá aprendendo a jogar o jogo do Mindinho, tá entrando na onda dele (tbm acho que é pra se salvar, e que o contrário – Mindinho usando ela – também, mas como diz o Kchopa, se tiver sexo é bônus HAUEHE). Ela pode vir a ser uma mulher mais estrategista. Sei lá, quando ela botou aquele vestido e salto e tava toda linda, sorrindo ~sençualmente~ pro Mindinho, acho que ela deu um recado. (e pelo visto os garotos gostaram, HEIN?)

    Cena do Tyrion + Jaime: já falei ali antes, não acho que o diálogo foi tão nonsense. O cara esmagava besouro porque era a natureza dele, assim como o Montanha esmaga pessoas porque é a natureza dele. Ele não questiona, só mata.

    Cena da LUTA: FECHEI OS OLHOS, NÃO VI NADA. Brincadeira, A CARA DA CERSEI quando o Montanha caiu foi ótima, haueheuhuhae. Mas no livro o Clegane esmaga o Oberyn até a morte mesmo (era disso que vocês tavam falando que não tinha no livro, ou da cena do Tyrion?).

    Beijo procês, episódio ótimo 😀
    Semana que vem to de volta, se vocês quiserem ainda haeuhaeuhae.

    • http://apenasexcentrico.wordpress.com Jean

      Verme Cinzento: Peitos. Mas foi uma bela enrolação na minha opinião essa romancezinho. Sério, por que ela levantou da água se ela queria esconder o corpo?

      Jorah: Além de ser o friendzone master, agora até conseguiu perder o título de friendzone. É o cara mais perdedor do mundo :/

      Theon: é, TILT é a definição exata. Parecia que a cabeça dele iria explodir ali. Parabéns pro ator

      Sansa: Eu sinceramente achei que o Mindinho tinha pegado ela ali. Na cena, ela fala “eu sei o que voce quer” e dá uma olhada pra ele, e ele devolve. No corte seguinte ela tá toda sensual e talz. Não sei, suspeito disso tudo xD

      Luta final: prefiro a versão alternativa UAHSUHASUHASU

    • FeroZ

      Foi o que eu disse no cast Raquel. Pra mim a cena da conversa sobre Besouros foi uma metáfora com o Montanha.

  • http://pipocamusical.com.br Raquel Moritz

    Se vcs não lembram do que vai ser no próximo episódio, pergunta pro Felipe se ele lembra o nome do episódio AHEHEHUEAHUEA

    • http://www.cavernadotroll.com.br Felipe Ambrosio

      Sem comentários $!¨#%!#¨$!$%#!%

  • http://pipocamusical.com.br Raquel Moritz

    Obrigada pelo recadinho no final, tá? Cêis moram no meu coração ♥
    PS: troquei nada, eu que não me organizei com a pauta a tempo, pamonha eu.

    BEIJO KCHOPA

  • Leo Lannister

    Eu quero saber por onde anda o Balon Greyjoy. O que houve com a sanguessuga que a Mel ofereceu em nome dele? Tô começando a achar que esses troços não funcionam na água kkkkkk.

  • Lilian Signatus

    #Obrigadooo \o/

  • Ryan Baelish

    Sobre os besouros do episódio.

    A conversa sobre os besouros é mais do que uma metáfora que pode ser aplicada aos deuses, ao montanha, ao comportamento humano, ao Martin… ou a qualquer coisa que sua imaginação possa associar.
    Creio que aquela conversa seja um artifício utilizado de forma proposital com o intúito de entreter a mente consciente do espectador que tenta em vão desvendar o enigma da metáfora enquanto sua mente inconsciente fica vulnerável, podendo dessa forma ser emocionalmente atingida pela cena seguinte. Trata-se de uma maneira de “desligar o raciocínio lógico” para que na hora da cena impactante ele não fique te dizendo “isso não é real”, potencializando dessa forma o resultado emocional desejado.
    Essa técnica, que usa a confusão para induzir um estado alterado de consciência era muito utilizada por Milton H. Erickson, fundador da Sociedade Americana de Hipnose Clínica.

    PS. Já que ninguém até agora apresentou melhor explicação para a conversa sobre os besouros, seria interessante ler meu comentário no cast.
    PS2. Esta é primeira vez que comento o cast.
    PS3. O cast é muito bom!
    PS4. Não vou comprar!

    • http://pipocamusical.com.br Raquel Moritz

      Muito bacana! :)

    • http://www.cavernadotroll.com.br Felipe Ambrosio

      Seja bem vindo Ryan Baelish =]

  • Leo Lannister

    Eu acho que a cena dos besouros foi pra mostrar o quanto o Tyrion estava nervoso, já que o pescoço dele estava por um fio aí começou a divagar sobre aquela viagem de besouros. Outra prova de quanto ele tava nervoso é que não conseguiu chegar a nenhuma conclusão sobre a estória.

  • Leo Lannister

    Felipe Ambrosio, te enviei um email. Depois dá uma conferida.
    Vlw.

  • Leo Lannister

    Sobre o que foi comentado no cast sobre o Sor Barristan já saber da traição do Jorah, na série ele não sabia até receber a carta com o selo da Mão do rei. Isso foi confirmado num dos episódios da 3 temporada onde Jorah e Barristan conversavam sobre as reuniões do pequeno conselho e o Lorde Comandante da guarda real disse que odiava a politicagem e nunca participava das reuniões, nessa hora o próprio Jorah ficou aliviado.
    Quanto ao local para onde os Boltons estão indo eh Winterfell e não o fosso cailin.

  • Leo Lannister

    Pra que isso?

  • Marcio

    O podcast de vocês é legal, vale a pena escutar o papo sobre os episódios e relembrar/reviver o ocorrido. Mas esses comentários mimizentos de “ai, no livro era assim” não são engraçados, são só um saco. Por exemplo, o tal do Kchopa fica choramingando que a Sansa agiu diferente do jeito que ele queria que fosse, e se limita ao mimimi. Sério, comparem o tom reclamão e chato com uma análise realmente inteligente, como essa abaixo feita pelo DrunkWookie:

    [Muitos reclamam do modo como Sansa agiu.
    Quem leu o Festim dos Corvos pode perceber que Sansa rumava para isso. Se nos livros ela ainda não entrou no Jogo dos Tronos, na série ela já entrou. E digo mais ela começou a jogar de forma competente.
    Eu não vejo como uma mudança gritante na série. Apenas uma antecipação do que acontecerá em os Ventos do Inverno.
    O ritmo da série é diferente dos livros. Me surpreendi quando ela disse ser Sansa Stark. Me surpreendi por não termos a figura do bardo que é culpado pela morte de Lisa Arryn. Mas não me surpreendi com a atitude de Sansa.
    É final de temporada, e a HBO precisa chocar e prender a atenção do espectador. mais um episódio com uma Sansa boba e inocente, não seria aceitável.]

    Claro que o podcast é de vocês e podem continuar usando o tom e o nível de conversa que quiserem… sintam-se à vontade pra ignorar meu feedback, inclusive

    • FeroZ

      Marcio, foi o que eu disse no cast. Provavelmente eles estão agrupando tudo de uma vez, antecipando certas coisas e ignorando outras já que pode chegar nesse ponto de qualquer forma.

      Comentários, positivos ou negativos são bem vindos. Só acho que chamar um comentário de “mimizento” e “um saco” não seja mais inteligente do que reclamar que é diferente dos livros. rs.

      Por curiosidade, tu chegou no site como?

    • http://www.cavernadotroll.com.br Felipe Ambrosio

      E aew Marcio, apesar de não concordar com o seu comentário, com certeza ele não foi ignorado não, pode escutar o próximo cast para comprovar 😉
      Agradeço por ter comentado aqui na Caverna do Troll.
      []’s

    • Kchopa

      Opa, Marcio, eu não queria que a sansa fizesse, as coisas do meu modo, queria que no minimo fizesse as coisas do modo que George Martin escreveu.
      Ao contrario da critica citada, eu achei extremamente idiota esse comportamento da Sansa (na verdade a tomada de decisão dos roteiritas e produtores), eles mudaram uma personagem da água para o vinho em menos de 1 dia, com tanta construção de personagens que estão fazendo nessa temporada (encheções de linguiças), eles simplesmente fazem a Sansa virar o Mindinho 2? Desculpa, mas no livro como ele mesmo disse, ela está indo para esse lado, ela não foi ainda.
      Quanto as comparações com o livro, se você leu ele, você sabe as diferenças entre cada cena da série, e cada cena retirada, se não leu, que pena que não queira saber as diferenças entre a mesma história contada em meios diferentes, mas tem quem queira, e não se pode agradar a gregos e troianos infelizmente.
      Abraços
      Kchopa

  • http://aracnofa.com.br macgaren

    Ouvi o cast achando que vocês iam reclamar de uma cena e no fim reclamam de outra XD. Pra mim, a cena dos Besouros não incomodou tanto ao contrário da cena do Verme cinzento com a Missandrei. Ok. Ver peitinhos nunca é demais mas acho que foi a encheção de linguiça mais inútil da série até agora.

    no mais, temos de comemorar afinal, o Sor Jorah finalmente saiu da Friendzone \o/

  • hurrah!

    Legal o cast, só discordo com a “encheção de linguiça”… só pq não é uma porradaria ou momento crítico não quer dizer q é encheção de linguiça. Imaginem se o episódio todo fosse a luta do montanha com o víbora, todo mundo ia ficar pensando no que está acontecendo nas inúmeras outras histórias em paralelo.
    E outra, só pq o significado da cena não está claro, não quer dizer q é bobagem. A beleza de uma história está na sua profundidade. Se fosse como uma novela, a mulher do víbora deveria dizer “ele morreu”, pra ficar claro pra todo mundo… Nós temos que dar crédito a cena dos besouros, por exemplo, acreditando que a HBO não colocaria aquilo lá por nada, e acredito que esse tipo de cena humaniza os personagens.
    No mais, show de bola, parabéns pelo divertido cast. E qual era a música que o Felipe estava tentando arrotar? Foi inspiração do começo desse episódio? 😛

    • http://www.cavernadotroll.com.br Puri

      Hhahahaha, boa! Nem lembrava do começo do episódio. Acho que era Rains of Castamere hehe

  • https://plus.google.com/u/0/+AllisonA/posts Altieris de Oliveira

    Eu tenho uma teoria sobre o diálogo entre o Tyrion e o Jaime. A teoria que eu apoio pode parecer estranha, mas faz muito sentido quando você conhece a história toda. E tenho quase certeza de que a cena foi escrita exclusivamente para a TV, não há nenhuma implicação para o desenvolvimento de nenhum personagem e menos ainda falar sobre algo que acontecerá no futuro. Mas acredito que o motivo de usarem a cena não foi à toa.
    E claro que o diálogo entre Tyrion e Jaime faz uma referência clara à Montanha. E em como ele tem prazer por matar, sem precisar de explicação ou motivo e de que ele, o anão, fosse o besouro. É da natureza dele. Outra relação clara é colocar a humanidade como besouros e os deuses com o primo Orson, que cujo propósito é matar os besouros (humanidade) sem motivos aparente. Mas Tyrion diz que ainda não entendia, diz que tinha algo que ainda não foi totalmente entendido, algo que precisava ser descoberto, de que ele precisou refletir e buscar desvendar. Esta poderia ser uma referência direta ao próprio diálogo que ele estava tendo com Jaime de que enquanto eles conversavam havia uma mensagem oculta e que as pessoas precisassem buscar e tentar entender.
    Ok. Se havia uma mensagem qual seria? Será que foi passar a ideia de que os Deuses eram impiedosos, mas isto já ficara bem clara na trama, com a morte do Ned, Robb, Catylin, etc não precisava ser novamente relembrada e se houvesse a necessidade por o dialogo precisaria durar tanto. Então participando de debates na internet chegue à conclusão junto com outras pessoas de que aquela parte do diálogo além de demonstrar o medo da morte sentido pelo Tyrion também foi à forma com que os produtores da série Game of Thrones encontrou para criticar o autor Orson Scott Card, você pode até não conhecê-lo, mas Orson é um escritor americano, conhecido pela saga de livros, que recentemente virou filme, conhecido como Ender’s Game ou O Jogo do Exterminador (Trailer do filme: http://goo.gl/rFosq7 ). Orson é um homofóbico declarado e é conhecido pelas duras críticas que faz. E não demorou muito para que a saga GOT virasse mais uma vítima das suas críticas. Não diretamente dos livros, mas especificamente da série. As cenas de nudez, sexo, etc. Algumas críticas feitas pelo Orson sobre a série:
     “Decepção na fronteira do nojo.”
     “Eles estão trabalhando com um script que é muito, muito ruim.”
     “Referida incompetência dos roteiristas em criar personagens e um mau script.”
     “Uma adaptação profundamente arruinada.”
    [Resto da crítica em inglês: http://goo.gl/WO4vvB ]
    Para aqueles que não sabem, os livros de Orson, Ender’s Game, conta a história de alienígenas que invadem a Terra e os humanos tem que treinar crianças para matar estes alienígenas. E o interessante, os alienígenas são sempre descritos como insetos, notou a semelhança: O primo Orson tem obsessão por matar insetos tal qual o autor Orson que em 20 livros mostrava sua obsessão por matar alienígenas, que se comportam como insetos.
    Depois das críticas feitas, os produtores tiveram uma ideia, que se confirmada para mim: foi SENSASIONAL. Que tal usar o episódio que eles acreditavam que teria a maior audiência para dar uma resposta inteligente às críticas feitas por Orson e expor a todos o quão burro um homem pode ser.
    Então eles mostraram um Orson incapaz de entender os outros, um Orson idiota, um Orson que viveu a vida toda focada em esmagar seus insetos (alienígenas), que ninguém entendia por que era tão burro. E esta comparação fica ainda mais clara quando Jaime confidencia ao Tyrion, que um dia o Meistre Volarik o apalpou, revelando sua inclinação homossexual. Isto para o autor homofóbico foi o fim kkk. Tem um momento que o Tyrion diz: “A cara dele era como a página de um livro escrita em um idioma que eu não entendia.” Será que eles estavam falando mal dos livros de Orson? Tem outras comparações ou maluquices minhas que comparam o que foi dito em cada frase e que poderia indicar uma pista para relacionar o primo Orson ao autor Orson Scott Card, eu vou parar aqui porque este comentário já está enorme de grande kkk.
    Eu não posso afirmar que essa teoria é verdadeira, mas que casou direitinho e de forma muito inteligente isto não dá para negar. E isto pode confirmar que tal como Martin os produtores de GOT também não deixam pontas soltas, há um motivo lá, pode não ser explicito, mas no mínimo subliminar. Eu imagino a cara do Orson Scott Card, nessa hora kkk.

    • http://www.cavernadotroll.com.br Puri

      Show! Eu tinha lido em algum lugar algo sobre isso também. Eu acredito muito nesta hipótese sim, de ser uma crítica a esse cara.

  • Marcio

    Sim, eu já li todos os livros da saga, gastei muitas horas de Wiki pra sedimentar informações de algumas passagens e personagens, e li em detalhes as várias das teorias que já postaram na net. Há 15 anos atrás, já tinha feito a mesma coisa com toda a obra de Tolkien, e igualmente, entrado em diversas polêmicas com os chamados “puristas”, como é o caso aqui.

    Esclarecido esse ponto, esclareço também que consigo conciliar a extrema admiração por um livro bem escrito e uma produção tele-cinematográfica de qualidade, com todas as suas diferenças. Consigo aceitar numa boa que o conceito de *adaptação* envolve tomar algumas liberdades, sim, em relação ao que foi escrito – e o respeito à essência como um todo é o que vai nos possibilitar avaliar realmente a nova obra, enquanto adaptação. Esse critério me permite aproveitar a série de maneira tão prazerosa quanto foi aproveitar o livro, porque eu me desligo da pressão de ter que avaliar se cada diálogo, cada comportamento, cada cena e sequência foi exatamente da forma como Martin descreveu.

    Assim, acho que não há nada de errado em listar as diferenças entre as obras. O problema, que me irrita e me fez postar o comentário anterior num infeliz tom, muito mais ácido do que eu gostaria (que me rendeu uma alfinetada do FeroZ), é que essas diferenças são apontadas de maneira triste/reclamona/indignada, o que me dá uma certa impaciência, porque fica claro que a pessoa não está conseguindo se desligar do livro e ser feliz aproveitando a série, aceitando que essas diferenças pontuais não comprometem a grandeza da obra televisiva – e nem muito menos diminuem a qualidade dos livros.

    Repeti essa argumentação com fãs de Tolkien por anos, sempre frisando que “sim, o PJ mudou aquele diálogo no filme DELE, mas verifiquei o livro do Tolkien aqui na cabeceira e constatei que as páginas dele não foram alteradas, e continua excelente como sempre, apesar do PJ”. Ademais, séries e filmes tendem a aumentar a venda dos livros – achei notícia recente que o Hobbit, apesar de como filme ser um bem mediano, fez com que as vendas dos livros aumentassem mais de 20 vezes. Com certeza, a mesma coisa deve estar ocorrendo com os livros do Martin, e é o que deve importar para nós, no fim das contas: mais gente está conhecendo e se apaixonando pela estória, como nós.

    • Kchopa

      Realmente, não estou aproveitando a série tanto quanto gostaria, eu acredito que eles poderiam fazer muitas coisas, que não estão explorando arcos da história, personagens sem ser trabalhados, e esta temporada tem sido uma grande decepção, tirando as partes que por incrível que pareça estão no livro. E pelo seu conhecimento, me impressiona estar satisfeito com o caminho que tomaram na série essa temporada.
      Mas vou dar uma segurada nas choradeiras, até porque acho, que não teremos muita enrolação de agora em diante na série (nos últimos episódios desta temporada, e na próxima)

    • Puri

      Opa, eu também acho que dá para separar os dois, séries e livros. Eu entendo o lado dos fãs dos livros, que estão há muito tempo aguardando a adaptação e tal e podem estar se frustrando um pouco, mas é óbvio que não tem como adaptar exatamente como está no livro, tanto que no Senhor dos Anéis, na minha opinião, os dois já se fundiram na minha cabeça ao ponto que já não sei o que é que tem no livro ou o que é que tem no filme, mas nem por isso alguma das obras ficou menor.

      Estou lendo o primeiro livro de GoT e realmente as diferenças até são bem poucas para a primeira temporada, mas o que eu percebo claramente é que a essência está lá. O que eu acho que às vezes o Kchopa comenta, é porque na opinião dele, a série está fugindo um pouco à essência dos livros, mas pode ser algo muito pessoal também.

  • http://about.me/paulofachini Fakini

    Parabéns pelos fastcasts, escutei tudo em um dia .. foi a maratona troll.

    Abraço a todos.

  • Anelice Belmonte

    Mano estava/estou atolada de coisa na faculdade e tive a brilhante ideia de assistir esse episódio no meu horário de almoço por que não ia ter tempo, pensem, se o Tyrion não vomitou e paguei a cota dele HAHAHAHAHAHAHA mas enfim o núcleo da Daenerys assistente social de Westeros tá um sacooooooo tá uma novela das 8 chataaaaaa, o resto blá blá blá, e COMO QUE O OBERYN MORRE MASOQ, COMO ISSO PRODUÇÃO, ‘NAUM PODE SEE’??? ai sério, fiquei desolada, sem mais…

    • Puri

      Realmente assistir este episódio no almoço não foi das melhores ideias heheheh

      • Anelice Belmonte

        a vida ta corrida ué hahah mas simmmmmmmmmm, definitivamente não é recomendado almoçar assistindo GoT hahaha

FacebookTwitterGoogle+RSS
{lang: ''}